Planejamento estratégico na arquitetura e engenharia

Saber onde você está é o ponto de partida

Clique e ouça o artigo no player:

 

Planejamento Estratégico do Escritório

Planejamento estratégico escritórios de arquitetura, paisagismo e design

Quantas vezes você já se pegou ao telefone com um amigo, perdido, e perguntando como chegar ao local combinado? Com grande probabilidade seu amigo respondeu com outra pergunta: onde você está?

A partir da sua resposta, ele lhe forneceu a informação necessária para alcançar seu destino, ou seja: a rota, o caminho, “o plano”.

Como funciona o planejamento estratégico

planejamento estratégico de escritório de arquitetura e design de interiores funciona de forma semelhante. Nele, é preciso traçar objetivos e organizar ações para alcançá-los, sem se esquecer, é claro, de onde se está partindo.

Na linguagem do gestor, o ponto de partida se refere a dados como recursos, faturamento passado e atual, margem de lucro, número e satisfação de clientes, produtividade da equipe de projeto, custos diretos e indiretos, etc. A partir desses dados pode-se estimar claramente o que fazer para crescer o escritório, aumentar os lucros, e corrigir problemas dentre outros objetivos.

Ponto de partida para um planejamento eficaz

Mas, enquanto dentro de um sistema viário, para saber de onde partimos basta olhar uma placa, nos escritórios de arquitetura e paisagismo saber a posição atual, necessária para um bom planejamento, pode tornar-se uma tarefa complicada.

Somente os escritórios que possuem metodologia gerencial e controles adequados, coleta e processamento de dados eficientes e ferramentas analíticas ou sistemas informatizados de gestão funcionais, conseguem acessar essas informações de forma rápida e eficaz.

Os dados organizados de uma empresa funcionam como um GPS, ajudando o gestor a mapear sua posição e acompanhar seu desenvolvimento na busca de seus objetivos.

Por isso, uma dica importante para profissionais empreendedores que desejam planejar e crescer o seu negócio é investir na gestão, controladoria e informatização do seu negócio.

Essa iniciativa não só lhe trará maior controle sobre o negócio como também lhe permitirá ganhar tempo para se dedicar melhor às suas diversas atividades e, assim, alcançar melhores resultados e satisfação com seu empreendimento.

Por Joaquim Alvarenga Neto

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos

Leia também:

Ebook Plano de negócio para escritório de arquitetura, engenharia e design

Investir no treinamento in-company traz ótimos resultados para os escritórios

O que os resultados do ano lhe dizem?

Curso Gestão Empreendedora de Escritórios de Arquitetura, Engenharia e Design de Interiores.

Comentários

Nenhum comentário até o momento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *